Manchetes sensacionalistas: prática comum na Grande Imprensa

“LEBRES’ MIDIÁTICAS
Manchetes sobre corrupção
Por Mauro Malin em 14/10/2014 na edição 820

Existe um tipo de erro cometido pela mídia jornalística que talvez seja pior do que o factual, fruto da apuração descuidada, preguiçosa ou desarvorada, da edição viciosa ou relapsa: trata-se da agenda falsa, geralmente uma questão que interessa só uma fração da sociedade mas, martelada em manchetes de jornais, capas de revistas e noticiários de televisão e rádio, ganha a aparência de grande questão decisiva na vida presente das pessoas e para o futuro da nação.”

Leia matéria completa em
http://observatoriodaimprensa.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s