Botando o pingo no “i”

Olha só.
Hoje cedo, eu deixei aqui um recadinho pra Ana Mozer, não foi?
Eu vou explicar o porquê desse recadinho.

Eu estava vendo as tuitadas de alguns jogadores de vôlei.
Quanto a irem embora do Brasil, eu acho que eles têm todo o direito. Vão em paz.
(Pena que o Lobão desistiu.)
Quando eles pararem de jogar o bolão que eles jogam, eles acabam voltando e serão muito bem recebidos. Isso é comum no mundo dos esportes.
Já a frase espetacular do Nalber, essa daí eu acho extravagente demais.
” …. É como ser assaltado na rua e chamar o assaltante para tomar uma cerveja em casa…”.
Aí é muito… Eu acho. É fazer mau uso da faixa de capitão da seleção brasileira de vôlei, que um dia ele usou.
A Ana Mozer tá coberta de razão. Se sentindo envergonhada. Esses meninos do vôlei, já não são mais meninos, né gente?
E eu tô que “escuto” o zunzunzum… Por conta do “chega pra lá” da Ana Mozer nos coleguinhas de profissão.

Tem algum tempo que eu quero falar aqui, sobre uma frasezinha que anda circulando pelas redes sociais, e agora eu achei a oportunidade.
“É preciso amar as pessoas como se não houvesse eleição”.
Vamo parar com essa poesia toda. Deixa isso pro Renato Russo. E ele falava de oooutra coisa.
Frases espetaculosas como a do Nalbert, eu vi foi muito no face. Meu face é aberto ao público. Não é só pra coleguinhas e amigos não. Por isso eu vazei de lá. Por conta dessas frases cabulosas, de vídeo de mamãe ensinando o filhinho a ter ódio, e por aí foi. Não tenho estrutura emocional pra conviver com esse tipo de coisa.

Mas bora conversar aqui, a respeito da tal frasezinha.
As eleições não são problema. Problema seria, se elas não existissem por aqui, né não?
E vamo trocar esse verbo amar, por gostar, ter amizade, alguma coisa desse tipo, porque é o que se encaixa melhor no contexto.
Ninguém é amigo de alguém, assim à toa, né?
Pra ser amigo de alguém, esse alguém tem que ter algumas coisas em comum com a gente.
E aqui não se trata de torcer pro mesmo time, de votar no mesmo candidato.
Não é aí que mora o problema, não. Tem gente que é Flamengo e o marido ou mulher é Vasco. Conheço vááários casais que, nessas eleições, um votou num e o outro no outro. E nem por isso se separaram.
O problema mora no compartilhamento de valores entre amigos.
Aí o bicho pega, e pega muuuuuito. Pelo menos pra mim, pega com força.
Em época, tipo de eleições, quando cada um de nós está defendendo aquilo em que acredita, pelo menos assim deveria ser, é que as pessoas se revelam, sabia?
E aí meeeeus amiiiigos…. Você pode levar um susto…
Um não. Váááários…
E não tem como você ter como amigo, uma criatura que defende suas ideias, de maneira tão diferente da sua. Dá não, gente!!!!
É querer tapar o sol com a peneira!
Ah comigo, não funciona!
Amor incondicional eu só tenho pela minha família. É coisa de sangue que corre nas veias.
Amizade é muuuuito diferente. Pra mim, é.
Não gosto de autoritarismo, não gosto de prepotência, não gosto de arrogância e não gosto de baixaria.
Aí, quem você achava que conhecia, se revela ooooutra pessoa. Baixa o nível, humilha, denigre a imagem das pessoas, se acha o último negresco do pacote, pensa que tem super poderes. E aí…. passada as eleições… bora bater uma bolinha na praia? Legal, né??? Não é assim, não!!! Dá não, gente! Pra mim, num dá mesmooooo.
A Ana Mozer tá certíssima. Tinha que se manifestar mesmo.
E foi pra ela não se envergonhar mais ainda, que eu sugeri a ela que desse uma geral no armário. Como eu faço, todo final de ano, no meu…

Esta outra frasezinha, que também circula pelas redes sociais, se parece bem mais comigo:

“HOJE EU SEI OS QUE ME FAZEM BEM, OS QUE ME FAZEM MAL, E OS QUE NÃO ME FAZEM A MENOR FALTA”

Anúncios

Uma opinião sobre “Botando o pingo no “i”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s