Final de ano é muito chato…

Eu não gosto de final de ano não.
Acho muito chato.
Fica sem graça as quartas à noite, e os finais de semana sem futebol.
Eu adoro futebol. Puxei da minha mãe.
Ela via tudo que é jogo.
Toda vez que vão terminando os campeonatos, eu me lembro da minha mãe.
Num dos aniversários dela, eu dei de presente uma assinatura da Sky, pra ela poder ver os campeonatos europeus.
Ela reclamava da mesma coisa que eu.
– ah não! Lá vem esse final de ano chato, e eu fico sem ver os meus jogos.

Minha mãe era muito engraçada. Em cada estado, ela torcia prum time.
– e aí, mãe? Vai torcer hoje pro Galo ou pro Flamemgo?
– é!!! Hoje tá complicado, né? Quem ganhar tá bom. Torço pros dois.

Assistir copa do mundo com minha mãe, era uma das coisas mais divertidas desse mundo!
A de setenta, ficou gravada na minha cabeça.
– vai Rivelino, vai Rivelino!
– mãe, não é o Rivelino, é o Jairzinho, mãe!
– ah sei lá quem é, vai minino, vai minino!!!

Como minha mãe curtiu aquela copa, meu Deus!
Quando os jogadores chegaram aqui em Brasília, nós fomos, de carona, lá pro balão do aeroporto, pra ver os jogadores em cima do caminhão do Corpo de Bombeiros. Minha mãe, uma amiga minha e eu.
Essa minha amiga era apaixonada pelo Rivelino.
Lá vem o caminhão, aquela gritaria toda, corneta zuando no ouvido da gente, confete jogado pro alto, uma fes-ta!!!!
E o Rivelino estava bem do lado do caminhão, onde a gente estava.
Quando o caminhão chegou bem na nossa frente, sei lá porquê, ele parou.
Minha amiga berrou o nome do Rivelino, ele olhou pra ela e mandou um beijo.
Sabem o quê que aconteceu?
Minha amiga ó! Pum! Des-mai-ou… Acreditam???
Êta confusão!!! Eu não sabia se acudia minha amiga, ou se olhava os jogadores. Minha mãe, sequer viu o desmaio. Tava mais interessa era em “conversar” com os jogadores…
– ê mininos! Mas vocês jogaram muita bola, heim? Ê! Fulano, com você na defesa, não passava nada mesmo, né não?

De lá, do balão do aeroporto, pegamos outra carona, e fomos pra frente do Palácio do Planalto, ver os jogadores levantarem a taça…
Minha mãe pros torcedores, que ela nem sabia quem eram, nem de onde vinham…
– Ô gente! É emoção demais, num é não? Ver esses mininos assim de pertinho, Nossa Senhora!!! Ainda bem que eu moro em Brasília, né?
Pergunta se alguém respondia alguma coisa pra minha mãe? Naaaada. Mas ela não parava de falar um minuto…
Saudade da minha mãe… Era muito alegre, minha nossa!!!

Pois é. E agora tá acabando tudo. Gosto de final de ano não…
– bora ver os campeonatos europeus, né mamãe???

Ah sim!
Tadinho do Botafogo, heim?
Eu num gosto nem um pouquinho, de ver nossos times grandes caírem pra segunda divisão…

Anúncios

Uma opinião sobre “Final de ano é muito chato…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s