Tudo cor de rosa…

Minha casa era enorme! Coisas do meu pai…
Não tinha piscina não.
Eu amava tomar sol! Vivia pretiiiinha!
E pra manter esse “pretinha” todo, olhem só o quê que eu fazia.
Tinha uma varanda no segundo andar da minha casa.
Eu pegava uma bacia, sal e iodo. Subia pela lateral da casa, uma mangueira.
Enchia a bacia com água, sal e iodo, colocava meu maiô (meu pai não deixava eu usar biquini), e ali eu fazia a minha praia… Só faltava a areia…
Meus cabelinhos dos braços e meu cílios eram loirinhos…
E eu pretinha…
Com esse pretume todo, meus cotovelos e meus joelhos pareciam que nunca tinham visto uma aguinha e nem uma bucha, na vida.
Ô trem feio é joelho e cotovelo, né? Eu acho. Joelhos, só os da Nara Leão. Cotovelos…
Helena só agora está se acostumando com meus cotovelos. Custei a convencê-la de que meus cotovelos, eram só cotovelos mesmo.
Ela tentava pegar neles, olhava prá mim e me dizia: não, vovó! E tirava a mãozinha.

Cristina, a minha amiga dos discos dos Beatles autografados, era bem branquinha. Os cotovelos e os joelhos eram cor de rosa.
Apesar de eu gostar do meu “bronzeado”, eu achava os joelhos e os cotovelos da Cristina, liiiindos! Olha aí!

Num dos finais de semana que eu ia pra casa dela, eu fiz o seguinte:
Na sexta de noite, fui tomar banho e peguei um bombril e uma pasta, que minha mãe usava pra arear as panelas. Não me lembro o nome. Era cor de rosa também.
Esfreguei os danados até ficarem cor de rosa, que nem os da Cristina.
Passei a noite em claro…
No dia seguinte fui pra minha diversão predileta.
Ouvir os discos dos buracos grandes. Dos Beatles.
O trem ardeeendo…
De noite, tia Julimar, num dos seus afagos, me disse:
– menina, você tá quente…
– tô mesmo. E tô morrendo de frio…
– liliana! Você está com 38.5 de febre! Além do frio, o quê que você está sentindo?
– tô com meus cotovelos e meus joelhos ardendo muito!
– deixa eu ver. Meu Deus do céu! O quê que você fez neles, menina?
– eu esfreguei com bombril e uma pasta da minha mãe lavar panela…
– hum? Mas por que você fez isso, criatura?
– pra eles ficarem cor de rosa. Que nem os da Cristina…
– com efeito, Liliana….

Mais uma noite em claro, mas… Com os cotovelos e os joelhos cor de rosa, que nem os joelhos e os cotovelos da Maria Cristina…

Anúncios

4 opiniões sobre “Tudo cor de rosa…

  1. Vê só, Lilizinha linda de meu coração, vc com inveja dos cotovelos de Maria Cristina e eu invejando as mãos de Cláudia, minha amiga do primário. Minhas mãos nasceram velhas e as dela – afh, mãos de seda lisinhas. Que ódia!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s