Quanto mais velho, mais bonito é!

Hoje à tarde eu estava assistindo a um programa super interessante sobre restauração.
Eram uns caras restaurando uma casa vitoriana.
A casa nem parecia que tivesse sido casa um dia. Detonada.
Os caras deram conta de botar a casa liiiinda de novo. Tudo res-tau-ra-do! Trabalho de formiguinha…

Me lembrei das minhas velharias.
Eu adoro as velharias. E gosto de misturá-las com o moderno. Quadros modernos, eu gosto muito! E gosto dessa combinação. O antigo com o novo.
Aqui em casa tudo se transforma.
Máquina de moer carne, vira floreira; bule de ágata, beeeem antigo, vira jarra; panelinha de ferro do tempo da minha vó, vira fruteira… E por aí vai.

Há uns anos, eu fiz uma viagem ao interior de Minas. Ô terrinha pra ter coisa bonita!
Pro meu gosto, o artesanato mais bonito é o mineiro. O de Pernambuco eu gosto muito também. Tenho muita coisa de lá.
Mas o mineiro… Eu acho que é porque é um “ramo” das minhas raízes.

Em Tiradentes, vocês conhecem?, eu fiquei doidinha…
Comprei até móvel, acreditam? Uns menores vieram no meu carro mesmo, os maiores eles mandaram.

– tia, você comprou um móvel estragado! Essa tranca aqui tá torta! Você vai ter que mandar arrumar isso, tia!
– que mandar arrumar o quê, menino? Ficou doido, é? É pra ficar desse jeitinho…
– kkkk!!! Então tá, né? Só você mesmo, tia… Vai gostar de trem velho…

Em Ouro Preto, cidade linda!, eu comprei uns potes.
E quanto mais velho, mais eu gosto.
Comprei três.
Cheguei em Brasília, carro abarrotado de velharia, falei pro rapaz que trabalhava aqui em casa.
– fulano, me ajuda a tirar esses potes daqui. Mas pelamordedeus! Não deixa cair, não deixa esbarrar em nenhum lugar, viu?
– pode deixar comigo!
….
– Ave Maria, senhora! (Ele nunca me chamou pelo nome, era “senhora”. Engraçado, né?) o pote veio com a boca toda quebrada! Eu juro pra senhora que eu não deixei bater em lugar nenhum… Quando eu coloquei ele aqui no chão, e tirei os jornais, olha aí!!!
– é assim mesmo! Não precisa ficar nervoso não! Eu sei que ele estava com a boca quebrada!
– mas a senhora sai daqui de Brasilia, viaja não sei quantos quilômetros, pra comprar um coisa velha e quebrada?
– kkkk!!! Maluquice, né? Mas quanto mais velho e mais quebrado eu gosto, Fulano!
– ééé!!! Eu vou falar uma coisa pra senhora. Pra eu comprar uma coisa velha e quebrada, só se eu estiver louco, viu senhora???

image

Anúncios

3 opiniões sobre “Quanto mais velho, mais bonito é!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s