O Outono e eu

O Outono é a estação do ano que eu mais gosto.

É a estação do vento gostoso, do sol mais fraco, da chuva que cai de forma suave e duradoura.
Às vezes, uma mais forte. Mas normalmente, cai calma, sem muito estardalhaço, e fica… só caindo… de mansinho, por longo tempo…

No outono, eu tenho a sensação do recomeço.
É hora de deixar o vento levar da nossa lembrança dias ruins e tristes, e nos trazer esperança que dias melhores virão.
Deixar o vento nos trazer o desejo de mudar dentro de nós mesmos, o que não está bom.

Do mesmo jeito que as folhas e as flores caem das árvores no outono para se renovarem, eu sinto que é hora de me renovar também.
As folhas e as flores não caem das árvores à toa. Elas caem, porque é chegada a hora de deixar o que está velho pra trás, e trazer o novo pra suas vidas.

Assim é o Outono pra mim.
É a hora de eu “lavar a minha alma”!
Deixar pra trás o que está velho e não me serve mais.
Deixar que o sol fraquinho me aqueça, sem me esturricar; deixar que a chuva me lave, cuidadosamente; deixar que o vento busque no Universo a paz, a alegria, o “novo” e inunde a minha alma…

“Repara que o outono é mais estação da alma do que da natureza.”
Friedrich Nietzsche

image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s