Quando o “Patchwork” enlouquece!!!

Diz o marido de uma amiga minha que também ama os paninhos, que o patchwork é coisa de gente doida.
A criatura gasta dinheiro comprando tecido, pica o dito cujo inteirinho, e depois emenda tuuudo de novo….
Ele tem uma certa razão… E o pior, pica tudo “na régua”, mi-li-me-tra-do, e depois emenda pontinha com pontinha. E, se não forem respeitados os tais milímetros, as pontinhas não emendam com as pontinhas e a “coisa” não fecha… aí, não adianta desmanchar e fazer de novo não, viu? Não fecha meeeesmo. O destino da “coisa” é a lata do lixo… Já joguei vááárias… Sem dó, nem piedade…

Mas tem uma técnica no patchwork, que se chama “Crazy Patch” ou, “empilha e corta”.
Os dois nomes fazem sentido.
O primeiro, porque é quando o patchwork endoida mesmo. Nada é medido, nada de pontinha com pontinha.
O segundo, porque é literalmente, empilha e corta.
Quando eu aprendi essa técnica, eu fiz uma capa de pandeiro pra Luana.
Empilhar e cortar, foi moleza. Emendar também.
De endoidar, o “crazy” mesmo, foi montar a tal da capa… Ô trabalheira…
Eu aprendi empilhando e cortando. Cortei uns 10 quadrados de cores diferentes, botei um em cima do outro. Cortei na diagonal, mas meio torta, passei uma parte pra baixo da outra. E assim fui fazendo até ter um monte de pedaços de panos desiguais. Depois emendei tuuuudo de novo. Depois de montado o “doido”, coloquei o molde da capa e cortei.
Ficou bem legal!
Mas essa técnica pode ser feita também com retalhos. É bem interessante.
É a chamada “colcha de retalhos” que nada, mas nada mesmo, tem a ver com as “colchas de patchwork” que são beeeem mais trabalhosas de serem feitas, porque os retalhos não são retalhos. São paninhos cortados mi-li-me-tri-ca-men-te medidos. Por isso, a minha médica me sugeriu fazer o Patchwork, pra reorganizar meus neurônios….
Pra quem detesta tudo medidinho, o crazy patch é o ideal. É fácil de fazer e depois de montado, vocês podem fazer colchas, almofadas, toalhas, vestidos, blusas, casacos…

Vou deixar aqui pra vocês um link, ensinando como fazer uma almofada utilizando o “crazy patch”, com retalhos.
É fácil, gostoso de fazer e vale uma sessão de terapia…
Tentem! Depois me contem se deu certo.
Qualquer dúvida, deixem um recadinho no blog, nos comentários. Não sou nenhuma expert em patchwork não, ihhhh muito longe disto, mas o basicão dá pra eu dar uma mãozinha…
Só vou dar umas dicas:
1. Pra quem nunca trabalhou com a manta acrílica, esquece a dita cuja. Só emenda os paninhos mesmo. Já fiz capa de almofada com e sem manta.
2. Se quiserem fazer outra coisa que não seja a almofada, é só irem emendando os paninhos até obterem a metragem que vocês quiserem.
3. Pelamordedeus, não inventem de fazer capa pra pandeiro não, tá certo??? Arranjem uma coisa mais simplezinha…

Su-ces-so!!!

image

http://www.viladoartesao.com.br/blog/2012/07/como-fazer-uma-almofada-de-retalhos-em-patchwork-crazy/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s