Perdão, só aos mais jovens

Não me causou nem estranheza e nem surpresa o listão da Odebrecht.
Sempre soube que essa relação promíscua entre empreiteiros e políticos existia e existe. Não é “privilégio” desse ou daquele partido político e nem dessa ou daquela empreiteira.
E vai continuar existindo. Eliminar a corrupção do Brasil, ou de qualquer outro país, só por milagre. E como eu não acredito em milagres, não me iludo.
Entretanto, eu tive uma leve esperança de que a corrupção no nosso país, poderia dar uma “baixada”, quando se instalou a famosa “Lava Jato”.
Pensei que se tratasse de uma operação séria. Doce engano o meu.
Durou muito pouco tempo a minha “ilusão”.
Quando às vésperas da eleição, a revista (?) Veja antecipa sua edição, pra publicar que o doleiro, que já nem sei por onde anda, teria dito que a Dilma e o Lula sabiam e, portanto, foram coniventes com a roubalheira na Petrobrás, o que levou o PT à perda de muitos votos, eu disse pra mim mesma: esse juiz não é sério e essa Lava Jato é uma farsa.
Desde que isso aconteceu, eu carrego dentro de mim, a “certeza” de que a Lava Jato teve e tem uma única razão pra existir: destituir a Dilma da presidência e “cassar o mandato” do ex-presidente Lula. Só por aqui se cassa mandato de ex-presidente. E mais. Tive a certeza que a “caça” da Lava Jato não atingiria aos partidos de oposição ao governo.

Depois de meses a fio entupindo a cabeça da população brasileira, por meio da grande mídia imunda desse país, com os vazamentos ilegais das tais delações premiadas; depois do desrespeito à Constituição brasileira; depois de detonar com nossas Instituições; depois de criar o caos, de paralisar o governo, de incitar ao ódio, o juiz de Primeira Instância que levou a fama de “Salvador da Pátria” e achou que era mesmo, cometendo mais uma ilegalidade, resolve vazar uma lista com nomes de duzentos, ou mais, políticos envolvidos com propinas, com doações lícitas, tudo embolado, da Odebrecht.

Como eu nunca participei de “tramas”, nem gosto de ver filmes, nem de ler livros que tratam do assunto, porque fico agoniada, tenho me perguntado o porquê de só agora o juiz de Primeira Instância, resolveu deixar vazar a “verdade dos fatos”.
Muitos dos nomes que constam desse listão, com certeza, já haviam aparecido em outras fases da operação.
A lista cabulosa da Odebrecht estava com ele desde o início do ano. Porque vazou só agora?
Por que o Juiz de Primeira Instância, rapidamente, decretou o sigilo DESSA lista, se nunca decretou o das outras? Que história da Carochinha é essa de que “percebeu” que na lista havia nomes com foro privilegiado? Desde quando ele, o juiz de Primeira Instância, respeitou essa prerrogativa? Se até grampos da presidenta do país, ele vazou?

Sei lá qual será o próximo passo do golpe, sim do golpe, que ele, o juizeco, parte do Poder Judiciário, a oposição golpista e a imprensa inescrupulosa e tendenciosa deste país armam pra conseguir tirar da presidência uma presidenta, que não aparece no listão da Odebrecht, que foi eleita democraticamente, sobre quem nada pesa, a não ser ter vencido, no voto, um partido que não aceita a derrota e que quer, a qualquer preço, voltar ao Poder.

Não sei, não tenho a menor ideia de como tudo isso vai acabar…
Sinto angústia e sinto revolta…

Aos mais jovens que hoje vão pras ruas pedir o impeachment da Dilma e que batem panelas nas varandas de suas casas, tem perdão.
Assim como eu fui massacrada, diuturnamente, durante todos os anos da ditadura, pela mídia golpista deste país, que vendava meus olhos, embotava meu cérebro, que me manipulava e que só publicava o que era conveniente aos golpistas, eles também estão sendo massacrados. Pelos mesmos que, não só apoiaram, como participaram ativamente do golpe de 64.

Os mais velhos e os da minha geração que estão apoiando esse golpe maquiavélico, escondido num grito mentiroso de “fora corrupção”, a estes não tem perdão.
Sabem, tanto quanto eu, que a corrupção neste país vem de longa data. Conhecem, assim como eu, todos os políticos de todos os partidos brasileiros. Viveram, assim como eu, um período negro, quando cidadãos brasileiros tiveram suas bocas fechadas e suas vidas ceifadas.

Aos meus colegas de profissão que mentem, que contam meias verdades, que tentam manipular a população, toda a minha indignação.
Estes não merecem, sequer, serem chamados de jornalistas.

Anúncios

3 opiniões sobre “Perdão, só aos mais jovens

  1. É isso aí, Lili. Os mais velhos que apoiam o golpe não têm perdão. Estamos preparando, para segunda-feira, aqui em BH, a manifestação dos artistas mineiros contra o golpe. Vai ser lindo. Abração.

    Curtir

  2. É isso, Lili. Os mais velhos não têm perdão. Estamos preparando a manifestação dos artistas mineiros para segunda-feira aqui em BH. Vai ser lindo. Abração.

    Curtir

  3. Ai Lili! Eu queria que existisse um jeito da gente ver as coisas como elas são…Tá difícil saber em quê e em quem acreditar. Leio de tudo e de todas as fontes. Sou jovem mas tenho uma mãe que lutou contra a ditadura e que viu seus colegas desaparecerem e voltarem tempos depois meio “abobados”. Mas até é tá descrente, inconformada. Não sobra ninguém…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s