Meu Pai!

Eu hoje acordei pensando no meu pai e ri muito sozinha. Meu pai era uma figura!!!
Eu vou contar pra vocês uma historinha do papai . Faz tempo que não conto minhas historinhas aqui…

Meu pai era um homem simples, otimista, amante da vida, das flores, dos verdes – mais dos verdes do que das flores, dos animais, de crianças e das coisas belas.
Detestava a velhice. Sempre dizia: “não vejo vantagem nenhuma na velhice”! Eu concordo com meu pai. Bora combinar que vantagem, vantagem, não tem muita não, né? Por conta disso, jamais dizia sua idade. Nunca deixou de pagar passagem de ônibus!!!!
Só pra não ter que mostrar a carteirinha de idoso!!!!

Meu pai era muito corajoso e valente.

Certa vez, descendo de um ônibus, foi assaltado. Partiu pra cima do assaltante e tomou uma bordoada na testa.
Chegou em minha casa com a testa sangrando mas muito orgulhoso de ter enfrentado o larápio.

Passado uns seis meses, papai começou a ficar “meio pirado”. A primeira piração foi quando não conseguiu assinar um cheque. Daí pra frente a piração só foi piorando.
Começou a tremer muito, a perder o equilíbrio e a não dizer coisa com coisa.
Levamos meu pai a um neurologista.
– Como o senhor se chama?
– Jaime Simões Jorge, mas me chamam de Janito.
– Em que cidade o senhor mora?
– Brasília. No Plano Piloto.
– Quem é essa moça que está com o senhor?
– Minha filha.
– Como é o nome dela?
– Liliana
– Como é o nome do presidente do Brasil?
– José Sarney
– Quantos anos o senhor tem?
– José Sarney.
– Não!!!! Quantos anos o senhor tem?
– José Sarney, já respondi!!!!

Sem insistir na pergunta, o médico encerrou as perguntas e pediu logo um exame neurológico, porque percebeu que jamais ele ia obter a resposta desejada.

Meu pai teve que se submeter a uma intervenção cirúrgica, porque a bordoada, resultante da valentia dele, tinha formado um coágulo no cérebro.
– Eita valentia que saiu cara, heim Papai????

Assim era meu pai.
Corajoso, valente, otimista, amante da vida, do verde, dos animais, das crianças, de tudo que é belo. Não gostava da velhice… e preferia dizer que sua idade era José Sarney, a ter que confessar que já tinha passado dos sessenta……

– Pai, no seu dia eu quero te agradecer pelo pai que você foi em vida e continua sendo de onde você está. Aprendi com você a ser corajosa e valente pra “chutar” os pedregulhos que aparecem no meu caminho, seguir adiante, amando tudo que é belo!

Feliz Dia dos Pais, papai!!!!

IMG_2707.PNG

Anúncios

Uma opinião sobre “Meu Pai!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s